Cachoeirinha 27 de Junho de 2017

Copa das Confederações

Classificações emocionantes para Brasil e Itália

De vez em quando o futebol proporciona momentos que ficam na memória

De vez em quando o futebol proporciona momentos que ficam na memória De vez em quando o futebol proporciona momentos que ficam na memória / Foto: Divulgação

De vez em quando o futebol proporciona momentos que ficam na memória. Quem presenciou ou assistiu à segunda rodada do Grupo A da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013 não há de discordar.

Em Fortaleza, os 50.791 mil torcedores que receberam a Seleção Brasileira no Estádio Castelão pela primeira vez em quase 13 anos testemunharam uma inesquecível vitória de 2 a 0 sobre o México. Na quente e úmida tarde de quarta-feira, a paixão com que a torcida do Brasil cantou o hino nacional deu o tom do clima que será visto no Mundial do ano que vem. A capital cearense sediará quatro jogos da fase de grupos da Copa, além de um confronto das oitavas de final e outro das quartas, e o espetáculo de hoje comprovou que as pessoas que tiverem a sorte de conseguir um desses ingressos verão uma grande festa. Assim que a bola começou a rolar, Hulk, Marcelo e Neymar incendiaram a multidão. Quando ela entrou, no chute de veia do camisa 10 brasileiro aos 13 minutos de jogo, as arquibancadas foram ao delírio. Para coroar, Neymar deu o passe para Jô fechar a conta nos últimos instantes da partida.

Já no início da noite, todas as atenções se voltaram para o Recife, e o torcedor desta vez foi presenteado com sete gols. No eletrizante duelo de técnicos italianos -Cesare Prandelli, da Itália, e Alberto Zaccheroni, do Japão -, o público pernambucano viu o que provavelmente foi a melhor partida do Festival dos Campeões até o momento. Zaccheroni montou uma seleção japonesa que supreendeu Andrea Pirlo e companhia abrindo 2 a 0, mas a decisão do treinador da Azzurra de colocar Sebastian Giovinco em campo mudou o destino do jogo. Com a entrada do atacante da Juventus, Mario Balotelli ganhou um companheiro na frente e, com isso, a Itália marcou três vezes no intervalo de 11 minutos. Além disso, Giovinco achou o gol da virada definitiva para 4 a 3 a quatro minutos do apito final. Na história da Copa das Confederações da FIFA, somente um confronto terminou com mais bolas na rede: o Brasil venceu a Arábia Saudita por 8 a 2 na edição de 1999.

Resultados
Grupo A
Brasil 2 x 0 México
Gols: Neymar (9/1ºT) e Jô (45+3/2ºT)

Itália 4 x 3 Japão
Gols: De Rossi (41/1ºT), Uchida (contra 5/2ºT), Balotelli (pênalti 7/2ºT) e Giovinco (41/2ºT) - Itália; Honda (pênalti 21/1ºT), Kagawa (33/1ºT) e Okazaki (247/2ºT)

O que está em jogo
Os sucessos de Brasil e Itália classificaram os dois países para as semifinais, que serão disputadas na quarta e quinta-feiras da semana que vem em Belo Horizonte e Fortaleza, respectivamente. Antes disso, brasileiros e italianos se encontram em Salvador para definirem o primeiro colocado do Grupo A, embora a equipe europeia precise de uma vitória para superar o saldo de gols dos donos da casa.

México e Japão jogarão pelo orgulho em Belo Horizonte, embora tenham crescido as expectativas da seleção asiática para o retorno ao Brasil no ano que vem. O toque de bola, os contra-ataques em velocidade e o espírito de luta demonstrado hoje pelos japoneses certamente ganharam muitos admiradores.

O gol do dia
Neymar (BRA)
A Seleção Brasileira nunca perdeu uma partida da Copa das Confederações da FIFA em que tenha inaugurado o placar, e a escrita se manteve com um gol verdadeiramente sublime de Neymar. O capitão mexicano, Francisco Rodríguez, desviou o cruzamento de Daniel Alves na medida para o novo contratado do Barcelona, que acertou um voleio de canhota sem chances para o goleiro José Corona. Foi um momento de pura magia e uma autêntica aula de habilidade do atacante de 21 anos. Aliás, quando o golaço foi repetido no telão, a multidão vibrou de adimiração outra vez. Nos acréscimos, Neymar foi o protagonista de mais uma jogada sensacional. Ele se livrou da marcação de Hiram Mier e Rodríguez com um belo drible e, quando todos imaginavam que fosse chutar, rolou para Jô anotar sem dificuldade o seu segundo gol na competição.

O número do dia
9 - A vitória sobre o México foi a nona seguida do Brasil pela Copa das Confederações da FIFA, um novo recorde no torneio. Os brasileiros estão invictos há dez partidas e, curiosamente, a última derrota aconteceu há exatos oito anos diante do mesmo México.

A frase do dia
"Depois do jogo, fui ao vestiário falar com o Howard Webb, a quem conheço de longa data, e ele confessou para mim: 'em todos esses anos de futebol, nunca vi nada parecido com aquilo'." Luiz Felipe Scolari, técnico do Brasil, relatando a conversa que teve com o árbitro da final da Copa do Mundo da FIFA 2010, Howard Webb, que ficou encantado com a execução do hino nacional brasileiro em Fortaleza

E agora?
O foco estará no Grupo B nesta quinta-feira, e o dia começa com a estreia do Taiti diante de adversários europeus. O representante da Oceania enfrentará a poderosa campeã mundial Espanha no Estádio do Maracanã. Contudo, alguns jogadores das duas equipes já se encontraram em setembro de 2009, quando os espanhóis venceram os polinésios por 8 a 0 na Copa do Mundo Sub-20 da FIFA disputada no Egito. Cesar Azpilicueta e Jordi Alba vestiram a camisa da Fúria na ocasião, enquanto oito jogadores do atual elenco taitiano participaram daquele torneio.

Às 19h, Nigéria e Uruguai medem forças em Salvador. Os uruguaios não perderam nenhuma das 11 partidas que disputaram com países da África até hoje e realmente esperam manter o tabu na Arena Fonte Nova, já que uma derrota poderia eliminá-los do torneio. Uma vitória nigeriana, por outro lado, manterá vivo o sonho de fazer da Nigéria a primeira nação africana a vencer a Copa das Confederações da FIFA.

 

FIFA

 




Data de publicação: 20/06/2013 - 08:08:42

Postar comentário

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do site. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Os leitores e usuários desse site encontram-se sujeitos às condições de uso do Clic Tribuna e se comprometem a respeitá-las.






Nome:

E-mail:

Mensagem:

Imprimir Indique a um amigo
Seu Nome

Seu Email

Email do Amigo
 
Comentários

Redes sociais

Publicidade Flores da Cunha AO VIVO PublicidadePublicidade Publicidade Publicidade Publicidade Publicidade Publicidade Publicidade
Nossos produtos

Portal Clictribuna
Guia Comercial
Jornal Tribuna - Digital




Política de  Privacidade

Termos de Uso do Site
Atendimento

contato@clictribuna.com.br
Cachoeirinha
Rio Grande do Sul

(51)  9677.1086