Cachoeirinha 28 de Junho de 2017

Sapucaia do Sul

Prefeitura inaugura albergue para moradores de rua

Centro de Albergagem Municipal - Casa de Acolhimento Novo Tempo atenderá homens e mulheres

Centro de Albergagem Municipal - Casa de Acolhimento Novo Tempo atenderá homens e mulheres Uma casa ampla, segura e acolhedora. Assim é o novo lar dos moradores de rua de Sapucaia do Sul

Uma casa ampla, segura e acolhedora. Assim é o novo lar dos moradores de rua de Sapucaia do Sul, inaugurado pelo prefeito Vilmar Ballin, na tarde de hoje, 6 de maio. A Casa de Acolhimento Novo Tempo, localizada fica na Av. Primor, nº275, Bairro Primor, é resultado de um convênio firmado entre a Prefeitura e a Comunidade Novo Tempo.

Com três quartos, todos com banheiros e televisão, refeitório, cozinha, enfermaria, sala para pertences e câmaras de seguranças, a Casa receberá, inicialmente, 15 homens e duas mulheres. Além do espaço físico de qualidade, os albergados contarão com o atendimento e amparo de uma equipe técnica formada por psiquiatra, psicólogo, técnico de enfermagem, seguranças e monitores, além de servidores municipais do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) - Espaço Vida e da Infectologia.

Para Ballin, a criação do albergue é um desafio, mas também uma responsabilidade da Administração Municipal. "Não vamos simplesmente dar cama e comida, vamos promover meios para que estas pessoas sejam reinseridas na família e na sociedade. Além do amparo psicológico, oportunizaremos aos albergados capacitação profissional, através de oficinas e vagas dos cursos do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). É importante que eles tenham sua autoestima resgatada, e saibam que podem escrever uma nova história de vida", falou.

Dia-a-dia: Ao chegarem a Casa, os albergados passarão por uma revista, tomarão banho e ganharão roupas limpas. No local eles farão duas refeições, janta e café da manhã, e participarão de atividades de lazer e oficinas. "Este será um lugar de resgate. Por isso, serão desenvolvidas na Casa atividades que, além de ocupar o tempo ocioso dos albergados, trabalhem questões como cidadania, autoestima, e prevenção à recaída do uso de drogas", explica a secretária de Desenvolvimento Social, Raquel Moraes da Silva.

Recomeço: Deison César dos Santos, 25 anos, encontrou na Casa de Acolhimento Novo Tempo, a esperança de começar de novo. Vindo do Rio Grande do Norte em busca de emprego, foi assaltado e se viu sem ter onde morar. "Perdi tudo. Então procurei o CREAS, que me encaminhou para cá. Aqui me sinto como se estivesse em casa. Além de banho e alimentação, me sinto acolhido. Minha família mora longe, mas as pessoas do albergue e da Prefeitura estão dando todo o apoio que eu preciso para conseguir um emprego, me estabilizar e recomeçar a minha vida", contou.


Secom/PMSS

 




Data de publicação: 07/05/2013 - 20:24:47

Postar comentário

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do site. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Os leitores e usuários desse site encontram-se sujeitos às condições de uso do Clic Tribuna e se comprometem a respeitá-las.






Nome:

E-mail:

Mensagem:

Imprimir Indique a um amigo
Seu Nome

Seu Email

Email do Amigo
 
Comentários

Redes sociais

Publicidade Flores da Cunha AO VIVO PublicidadePublicidade Publicidade Publicidade Publicidade Publicidade Publicidade Publicidade
Nossos produtos

Portal Clictribuna
Guia Comercial
Jornal Tribuna - Digital




Política de  Privacidade

Termos de Uso do Site
Atendimento

contato@clictribuna.com.br
Cachoeirinha
Rio Grande do Sul

(51)  9677.1086